Digite o que você procura

Arquitetura Comercial

 

Qual o objetivo da Arquitetura Comercial?

Primeiramente, o principal objetivo dos projetos comerciais é a interação com o consumidor. Assim, o espaço deve ser pensado de modo que traga uma experiência única ao indivíduo.

Para que os estabelecimentos chamem a atenção do público-alvo, os espaços devem ser bonitos, atraentes, com identidade visual e acolhedores. Portanto, é desafiador projetar um espaço que transmita a identidade da marca. Em tempos de grande concorrência, oferecer conforto em espaços ambientados ao cliente é fundamental para se manter ativo no mercado.

Na Arquitetura Comercial, Luana Milani atende pontos comerciais, buscando a sistematização do programa de necessidades, onde o projeto é realizado por meio de uma setorização de usos e características do empreendimento.

A profissional acredita que todo negócio deve apresentar clareza na comunicação, desde o primeiro atendimento, exposição e venda, até os produtos e serviços.

O objetivo é cumprir um programa que atenda a demanda de acordo com o perfil do empreendimento e de seus clientes.

 

Espaço comercial - como melhorar?

Lojas

Um dos maiores desafios é a organização dos espaços internos de modo que sejam acessíveis e facilitem a circulação das pessoas. O projeto deve prever o tamanho, o tipo e a localização das portas, o material dos móveis e como eles serão posicionados.

Restaurantes

Uma tendência para estabelecimentos gastronômicos é a interação dos ambientes interno e externo,como aqueles que possuem divisórias de vidro. Ainda, área externas têm sido bastante valorizadas.

O projeto comercial de restaurantes com áreas abertas deve contemplar boa iluminação natural e um belo paisagismo, além de questões de segurança e conforto. Outros são os espaços para espera do lado de fora, com mesinhas e bancos confortáveis, que tornem esse momento mais agradável.

 

Como a Arquitetura Comercial impacta a visão do consumidor?

Não há nada mais agradável que chegar em determinado lugar e sentir conforto, aconchego e bem- estar,não é mesmo? Atualmente, lojas,restaurantes, boates e outros espaços comerciais estão optando por trazer a essência e o propósito de suas marcas nos ambientes.  

Diante da grande concorrência, é essencial que o estabelecimento seja pensado nos aspectos sensoriais, equilíbrio em cores e móveis, estimulando a interação entre pessoas nos espaços. Atualmente os clientes buscam uma experiência de compra, que certamente pode ser potencializada pelo uso correto do ambiente.

Para tanto a Arquitetura Comercial trabalha com cores, iluminação, disposição de móveis e toda a ambientação física, com a finalidade de constituir uma identidade visual, em que haja um posicionamento melhor da marca na mente do consumidor, aumentando a confiança e desejo de consumo.

O que deve ser considerado em um Projeto Comercial?

  • Fluxos de clientes: nesse caso, deve-se considerar o movimento dos clientes dentro dos espaços comerciais para que os produtos sejam colocados em lugares com melhor visualização. 
  • Formato do ambiente: o comportamento do cliente é modificado pelo espaço, então é importante identificar os locais que o agradam.
  • Pontos focais: esse fator depende do propósito da marca em estabelecer quais pontos devem ser utlizados para atrair os consumidores.
  • Persona ou público–alvo: entender os gostos e as necessidades do público-alvo é fundamental para uma comunicação adequada do espaço comercial.
  • Fluxos da operação: nesse caso ter acesso ao funcionamento da loja, dos processo, dos produtos e como eles estão estocados, quantidade de funcionários, entre outros.
  • Desenho dos expositores: pensar na melhor forma de expor o produto, com espaços iluminados e atrativos.
  • Posicionamento do merchandising: materiais impressos, como cartazes e folders, devem estar posicionados com o objetivo de incentivar a compra.

 

Faça um orçamento

* Campos obrigatórios